NOVO KINDLE FIRE

Postado em 25. out, 2011 por em Notícias, Tudo sobre Tecnologia

Amazon espera vender 5 milhões de Kindle Fire até o fim do ano

Por Guilherme Abati

O analista da empresa americana JP Morgan, Douglas Anmuth, acredita que o novo tablet pode vender até 5 milhões de unidades no último trimestre desse ano.

Segundo o Venture Beat, o dispositivo que está sendo vendido por 199 dólares nos EUA e será lançado oficialmente no mês que vem, poderá bater de frente com o todo poderoso iPad 2, da Apple, que é vendido por 499 dólares, e até superá-lo nas vendas de fim de ano.

O Fire tem cerca de quinze centímetros de tamanho, tela sensível a toque e sistema operacional Android. Por tudo isso, foi bastante elogiado, levando milhares de pessoas a já reservarem seu gadget. O dispositivo será disponibilizado para o público no dia 15 de novembro.

Como base para comparações, a Apple vendeu quase 4,7 milhões de iPads 2 no segundo trimestre desse ano, quando foi lançado. Anmuth, em seu levantamento, afirma que o Kindle Fire pode sim chegar as 5 milhões de unidades vendidas.

Será que a Amazon bate esse respeitável número? É esperar para ver. Mas com o Kindle Fire custando US$ 199 (abaixo do preço de custo), isso não parece ser mesmo muito difícil.

Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/amazon-espera-vender-5-milh%C3%B5es-kindle-fire-fim-183820194.html

Novo Kindle Fire de 199$ da Amazon custa 210$ a produzir

Segundo uma afamada empresa de análise de mercados, a iSuppli, a Amazon irá perder 10$ dólares por cada Kindle Fire que produzir. O que leva uma companhia a tomar uma opção destas? Vejamos um pouco sobre o assunto.

Este caso torna-se especialmente interessante quando vemos empresas como a Apple a ter lucros descomunais com a venda dos seus equipamentos, como é o exemplo do iPad 2 em que tira mais de 300 dólares de lucro face ao custo de produção. A Amazon espera recuperar estes 10 dólares e obter lucro com o tablet através da venda dos conteúdos digitais por meio da sua loja on-line.

A empresa de vendas on-line fez os seus estudos de mercado, e chegou à conclusão que a única maneira de competir com o líder de mercado, o iPad, era baixar drasticamente os preços e consequentemente a margem de lucro. Podemos ver neste quadro a lista de componentes e os seus valores:

tabela kindle

De facto o Fire está a um preço bombástico e pode perfeitamente apimentar a guerra dos tablets actuais sendo que para tornar o produto rentável, a Amazon pretende aumentar a venda das suas soluções digitais como os ebooks e aplicações próprias. Alguns analistas defendem que este tablet apenas foi criado pela Amazon para vender mais dos seus conteúdos, sendo que não é objectivo da marca obter lucros com a venda do hardware (afinal de contas este não é de todo o seu segmento principal).

Será que esta estratégia vai funcionar? Esperemos que sim, para o bem dos tablets a bom preço!

Fonte: http://www.revolucaodigital.net/2011/10/04/kindle-fire-amazon-custo-produzir/

Tags:

Deixe um comentário

You must be logged in to post a comment.